Quem sou eu

Minha foto
Uma "luz azul a se extinguir e renascer com mais intensidade indo em direção ao futuro"

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

O Cão Andaluz passeia



A borboleta é símbolo soberano da transmutação,
da metamorfose...
e a cor lilaz segundo palavras de Salvado Dali,
"a cor da vibração do ouro,
o alquímico convulsivo em movimento"

O Cão Andaluz passeia
por essa mesa de mármore marrom,
me cheira, cheira o sangue dessas palavras moles
e o lambe

cortar um olho ao meio para ver as imagens
que nele estavam guardadas
pode parecer um disparate,
mas vos garanto que Artaud e André Breton se deciliariam
com tal ação

corte meu olho com teu olho
que a breve a engrenagem do oculto se faz motriz alavanca
para eu e você alcarçamos o "ver"

Parte de mim se encontra nas escarpas
da montanha mais alta
da mais longiqua das estrelas,
a outra parte pousa em tua mãos
untadas com água e esperma quente

Todos amamos esse breu( você pode até negar),
mas é na escuridão que encontramos
nossos milhares de braços e pernas,
parte de nossas faces,
a totalidade do nosso plasma,
todas as amantes que tivemos nas camadas da pele,
e a que as que no futuro hão de se entranhar

(edu planchêz)

Nenhum comentário:

Postar um comentário